Histórias sobre Management 3.0

Aprenda das experiências de outros!

Nós os chamamos de Momentos de Gestão ou Experiências de Management 3.0. Você pode chamá-los de Histórias da Gestão. Isto é quando você vai de fazer apenas um exercício de gestão para uma forma nova e profunda de tocar seus empregados e colegas de trabalho. Ah e algumas vezes eles são o oposto quando seus experimentos de gestão não vão bem. Nós queremos compartilhá-los também. É para isto este espaço, compartilhar experiências sobre Management 3.0 porque nós não pretendemos criar regras fixas para a gestão. Nós fazemos sugestões para melhorar o engajamento do empregado e uma gestão de mudança suave — você leva de volta para a sua equipe, adapta e faz ainda melhor!

Então, se você está escrevendo sobre isto em algum lugar, nós ficaremos felizes por compartilhar seu momento de gestão! Tem uma experiência a acrescentar? Nós amaremos ouvir sua experiência e potencialmente publicá-la! Mande um email info@management30.com com o assunto: “Histórias de M30”. Nós mal podemos esperar para ouvi-la de você!

Experiências com Kudo Cards

kudo-wall

Um kudo, um abraço, um Rippa, um prêmio HERO, uma nota de agradecimento. Uma das nossas práticas favoritas de Management 3.0 é está prática de engajamento do empregado de reconhecimento entre  pares, simplesmente reconhecendo o que o colega fez, dando um cumprimento virtual, literal ou físico. Aqui está a história da RES Software (em inglês) implementando Kudo Cards através de três locais, com brindes nominais e recompensas não planejadas. E aqui está como um agile coach implementou Kudo Cards em um setor bancário (em inglês) como uma forma de começar dizendo “obrigado” através da organização. Este desenvolvedor de jogos usou kudos para criar reconhecimento público em par (em inglês), como o que você vê aqui.

Momentos Moving Motivators

Um Momento Moving Motivator é quando você usa o jogo Management 3.0 para descobrir o que realmente motiva seu colega de equipe ou toda a sua equipe. Um dos jogos Management 3.0 favoritos para líderes, oficiais ou não de todas as equipes, que gostam de descobrir como trabalhar a motivação intrínseca dos membros da equipe. Uma equipe usou Moving Motivators no departamento de recursos humanos (em inglês) como uma forma de identificar as pessoas que cresceriam a cultura esperada pela empresa. Esta eqMoving motivators sheetuipe usa Moving Motivators durante as restrospectivas no scrum (em inglês), enquanto que outra usa para descobrir similaridades em uma equipe multicultural diversa (em inglês). Um agile coach usa-os para iniciar uma discussão profunda (em inglês)  outro os usa para descobrir motivadores individuais versus motivação coletiva da equipe (em inglês). Esta postagem leva você através de como um scrum master usa Moving Motivators como uma atividade da equipe (em inglês) e então ele também rastreia tudo isto como na imagem à direita. Embora isto caiba bem com qualquer equipe procurando entender a motivação ou a futura motivação de um empregado , este exercício tem sido particularmente viral em restrospectivas scrum (em inglês), onde isto é usado regularmente ou como uma “variação bem vinda” para retrospectivas usuais (em inglês). Qualquer tipo de líder de equipe pode ir adiante e levar o exercício para um próximo nível seguindo estas Instruções Avançadas de Moving Motivators (em inglês) desenvolvidas por outro agile coach.

Personal Maps para o lado pessoal das equipes

Muitos de nós trabalha próximo a alguém, física ou virtualmente, que nós conhecemos profissionalmente mas o tempo passa e nós realmente nunca o conhecemos. Personal Maps é um exercício para qualquer tipo de equipe construir uma colaboração melhor e desenvolver empatia. Aqui um desenvolvedor de software e líder de equipe (em inglês) aprendeu que ele realmente não conhecia sua equipe e eles realmente não se conheciam, até que eles fizeram este breve exercício.

Existe uma Business Guild para isso

Business Guilds frequentemente estão alinhados com a ideia de sindicatos, quanto está não é mesma suas origens. O propósito original de uma agremiação de negócios de artesões  era compartilhar paixões comuns e aprender com o conhecimento e experiência uns com os outros. No caso do Management 3.0, facilitar o crescimento de Business Guilds, círculos profissionais ou “comunidades de interesse” ajuda as pessoas a se unirem e se tornarem profissionais melhores. Leia sobre este Scrum Guild (em inglês) de um agile coach e líder de desenvolvimento de software e porque ele tenta fazer disto algo mandatório.

E se agremiação de negócios, por que não identidades completas da equipe? Aprenda como uma empresa permitiu que suas equipes se auto-organizassem em torno de Identity Symbols, criando poderosos nomes de equipes (em inglês), cores e símbolos.

Reinventando Work Profiles e Salary Formula

Management 3.0 não apenas fala sobre ágil, nós trabalhamos para melhorar o futuro do trabalho de maneiras que afetam todos os tipos de empresas. Não há dúvida que as duas ou quatro pequenas palavras que nós pomos em nossa assinatura de e-mail e em nossos cartões de negócios significam tanto, sem mencionar os salários ligados a eles! Leia sobre como a gestão de dados da JustDigital (em inglês) adaptou os Work Profiles e Salary Formula do Management 3.0 para ajudar a empresa a escalar.

Eventos de Exploração em todo lugar

exploration days

A Google fez as primeiras manchetes com seus “20 por cento do tempo”. Enquanto eles eventualmente encolheram isto, a ideia era para permitir que os empregados gastassem um dia por semana trabalhando em alguma coisa qualquer. Outras equipes fazem algo similar com os kits de inovação interna Kickbox da Adobe, Atlassian’s ShipIt Days e milhares de hackathons. Nós chamamos eles de Exploration Days. Aprenda como uma empresa de software criou uma ampla Cúpula de P&D da empresa (em inglês), assim toda a empresa tirou o mesmo tempo para brincar e inovar.

Então você quer Delegar?

Enquanto você procura evoluir seu estilo de organização e gestão, leva tempo para decidir quem faz o que e, talvez até mais importante, quem decide o que. Um Delegation Board torna claro os papéis e os decisores, enquanto Delegation Poker faz um jogo de abertura de olhos para todo o processo. Aqui está como um gerente de P&D trabalhou com recursos humanos (em inglês) para esclarecer papéis e preencher um conjunto de habilidade faltantes e como outra equipe usou um Delegation Board para esclarecer onde eles estavam antes de reestruturar (em inglês).

Primeiro a Felicidade

Quer ter uma ideia de como sua equipe está indo? Por que não permitir comentários instantâneos anônimos (ou não) do empregado assim que você entra e sai? Tente um Feedback Wall ou Happiness Door como uma equipe que usa sorrisos (em inglês) como uma maneira de ter um sensação do que acontece na sala.

Mas e se você tentasse tudo isto?

Quer ver o que Management 3.0 poderia ser se uma gestão de mudança fosse espalhada por toda as funções de sua organização? Visite nossa página sobre Estudos de Casos sobre Management 3.0 para obter explicações mais profundas e vídeos sobre jornadas em direção ao sucesso da gestão de mudança.

Compartilhar é se importar